Características da Antiguidade Oriental


O que se entende por Antiguidade Oriental diz respeito a várias sociedades que se desenvolveram em uma extensa área que engloba a parte nordeste da África e parte da Ásia (ou Oriente Próximo). Essa região – que passou a ser designada por crescente fértil – era cortada por três grandes rios: Nilo no Egito e Tigres e Eufrates na Mesopotâmia. 

Podemos destacar algumas das principais características da Antiguidade Oriental. Essas características dão origem ao chamado “modo de produção asiático”: 

· Fundamental importância da agricultura e produção de excedentes, formando os primeiros núcleos urbanos. 

· Desenvolvimento da técnica, com a construção de obras de engenharia, muitas vezes ligadas com a produção de alimentos (diques, canais de irrigação, etc.). 

· Divisão do trabalho e exploração do trabalho alheio. 

· Surgimento de uma elite (sacerdotes, militares, etc.). 

· Surgimento do trabalho compulsório ou escravo. 

· Centralização do poder político-administrativo e constituição do Estado. 

· Poder político fundamentado na teocracia, fortalecendo a posição ocupada pelos sacerdotes nessas sociedades.



Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!