Guerra Fria (4 de 9) - Guerra da Coréia


O primeiro grande conflito que colocou de um lado os EUA e do outro a URSS foi a Guerra da Coreia entre 1950 e 1953.

No final da Segunda Guerra Mundial, após ser desocupada pelos japoneses, a Península da Coreia – por meio de um acordo firmado por Roosevelt, Churchill e Stalin – foi dividida em duas partes tendo como base o paralelo 38: uma no Norte, apoiada pela URSS com o respectivo regime comunista; e outra do Sul, apoiada pelos EUA adotando o sistema capitalista.


Em 1950 a Coreia do Norte, incentivada por Stalin, invade e ocupa Seul, que era a capital da Coreia do Sul, como claro objetivo de unificação dos territórios. As Nações Unidas, com apoio principalmente pelos EUA, não vão ficar alheia à ação comunista e encaminham 150.000 soldados para a região e retomando Seul, invertendo a situação e investindo contra o território norte coreano.

A investida é tão frutífera que em pouco tempo as forças americanas estavam próximas à fronteira com a China. Como resposta, a China, comunista, envia 300.000 homens para ajudar a Coreia do Norte. Com a entrada chinesa os norte-americanos tiveram que recuar e estabelecer a defesa em torno do paralelo 38.


Nesse confronto morreram cerca de 3,5 milhões de pessoas. O cessar-fogo foi assinado em 1953 mantendo-se a divisão que havia antes dos conflitos, que é a mesma que permanece até hoje.




Para saber mais sobre a Guerra Fria é só continuar lendo!


Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!