Liberdade (1 de 3) - Liberdade Incondicional vs Determinismo


Determinismo

O determinismo se opõe a ideia de liberdade. Diz respeito a tudo aquilo que tem de ser e não pode deixar de ser, ou seja, tudo o que existe tem uma causa. É o mundo do necessário, do incontingente (que só pode ocorrer de uma forma), das causas que agem sobre o indivíduo.

Há de se observar que sem o mundo do determinismo não teria ocorrido o desenvolvimento da ciência que parte sempre de pressupostos incontingentes, ou seja, que apresenta um padrão necessário, ou seja, ocorrem sempre da mesma forma.

A utilização do determinismo na explicação dos atos humanos é uma constante durante toda a história da humanidade, criando-se, inclusive, no final do século XIX padrões sociológicos para a explicação das ações humanas, que passaria por alguns fatores básicos:

  • Os determinismos psicológicos, como por exemplo, as características que compõem o que conhecemos como infância. 
  • Os caracteres hereditários que determinam o comportamento dos indivíduos, que comumente é conhecido com a “raça”. Os determinismos ajudaram o fomentar a ideia de diferentes raças e padrões para cada uma dessas raças (negroide, mongoloide e branca), levando a dominação de outros territórios e povos. 
  • O meio no qual o indivíduo está inserido. Fatores geográficos como o clima, e sociais como o grupo social ao qual o indivíduo pertence. 
  • A época histórica. Nesse aspecto, o indivíduo e fruto de uma determinada época, ao nascer recebe como herança historicamente construída uma língua, costumes, moral, religião, e está determinado a pensar e agir de acordo com os valores de seu tempo. 

Percebe-se que a partir do determinismo o ser humano não é livre na medida em que vários fatores acabam por tolher suas possibilidades de escolha. Seu comportamento pode, inclusive, ser mensurado e previsto a partir desses fatores determinantes. 


Liberdade incondicional

Contrapondo-se a ideia do determinismo, tem-se, a ideia da liberdade humana absoluta, do livre arbítrio, a partir do qual o ser humano pode decidir e agir como quiser independente de qualquer força externa, de determinações como o ambiente ou grupo social ao qual pertence.


Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!