Simulado: Primeira Guerra Mundial



1 - Em 1919, Wílson (Estados Unidos), Lloyd George (Inglaterra) e Clemenceau (França) definiram a Paz de Versalhes, em que
a) a Alemanha foi considerada culpada pela Guerra e submetida a indenizações e retaliações territoriais, semeando o descontentamento e o revanchismo.
b) os bolcheviques, liderados por Lenin, tiveram apoio inglês para assumir o governo russo, estabelecendo o primeiro Estado socialista.
c) os russos brancos, estabeleceram uma aliança com a Alemanha e conduziram a Rússia à Guerra Civil.
d) a Itália, sob a liderança de Mussolini pode organizar, financiada pela França, a marcha sobre Roma.
e) estabeleceu a nazificação alemã que se fundamentou no armamentismo e na busca do "espaço vital", ou seja, na geopolítica da conquista territorial.

2 - Os fatores responsáveis pela eclosão da I Guerra Mundial podem ser resumidos por:
a) revisionismo alemão, corrida armamentista, Pan-eslavismo e Revolução Russa.
b) choques imperialistas entre a França e a Inglaterra, Pacto Anti-Komintern e desmembramento do Império Austro-Húngaro.
c) reorganização das fronteiras das nações balcânicas, surgimento do nazismo, desagregação do Império Otomano.
d) fracasso da política de apaziguamento inglesa, anexação da Tchecoslováquia, rearmamento alemão e crise do Marrocos.
e) Imperialismo, rompimento do equilíbrio europeu, Nacionalismo e Política de Alianças.

3 - "O clima internacional na Europa era carregado de antagonismos que se expressavam na formação de alianças secretas e de sistemas de alianças, tornando a ameaça de uma guerra inevitável. O desenvolvimento desigual dos países capitalistas, a partir do século XIX, levara países que chegaram tarde à competição internacional, como a Alemanha, a reivindicarem uma redivisão do território econômico mundial. Cada vez mais aumentou a rivalidade pela luta por mercados consumidores de produtos industriais, pela aquisição de matérias-primas fundamentais e por áreas de investimento." AQUINO, Rubim Leão de et al. "História das sociedades: da Moderna à Contemporânea". Rio de Janeiro: Record, 2000. No sistema de alianças, às vésperas da I Guerra Mundial, estavam a Tríplice Aliança e a Tríplice Entente, compostas, respectivamente, pelos seguintes Estados-nações:
a) Alemanha, Áustria-Hungria e Rússia e, na defesa de interesses antagônicos, Inglaterra, Itália e França.
b) Alemanha, Áustria-Hungria e Itália e, na defesa de interesses antagônicos, Inglaterra, França e Rússia.
c) Alemanha, Rússia e Itália e, na defesa de interesses antagônicos, Inglaterra, Áustria-Hungria e França.
d) Alemanha, Áustria-Hungria e Inglaterra e, na defesa de interesses antagônicos, Itália, França e Rússia.
e) Alemanha, França e Rússia e, na defesa de interesses antagônicos, Inglaterra, Itália e Áustria-Hungria.

4 - A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) significou o fim da preponderância europeia no mundo e o início da hegemonia dos Estados Unidos. Assinale a alternativa correta:
a) O Brasil, então com economia agropecuária, não participou do conflito, quer direta ou indiretamente.
b) Tendo em vista as limitações da tecnologia, aviões e submarinos não foram empregados na grande luta.
c) A luta teve início com a invasão alemã na Rússia, em busca de espaço vital.
d) Uma das consequências da guerra foi a proclamação da forma monárquica de governo na Rússia e Áustria-Hungria.
e) Uma consequência política da guerra foi o surgimento do totalitarismo de direita na Europa (nazifascismo).

5 - Uma das causas da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) foi o rompimento do equilíbrio europeu, representado
a) pela França, potência em crescente expansão após dominar enormes áreas da África do Norte.
b) pela Rússia, cujo crescimento industrial a equiparava à Inglaterra e à Alemanha.
c) pela Alemanha, unificada em 1870/71, em rápido crescimento industrial e capaz de desafiar o poderio inglês.
d) pela Inglaterra, que monopolizava a produção industrial europeia.
e) pelos Estados Balcânicos, unificados pela "Grande Sérvia", que ameaçavam apoderar-se do Egito e Mesopotâmia.

6 - Segundo o historiador Eric J. Hobsbawn, a discussão sobre a gênese da Primeira Guerra Mundial tem sido ininterrupta desde agosto de 1914. A questão permaneceu viva porque o problema das origens das guerras mundiais infelizmente tem se recusado a desaparecer desde 1914. De fato, em nenhum outro ponto a vinculação entre as preocupações passadas e presentes é mais evidente que na história da Era dos Impérios. Assinale a alternativa que apresenta as causas da I Guerra Mundial.
a) O imperialismo, o rompimento do equilíbrio europeu, o nacionalismo, a política das alianças, as questões balcânicas, o incidente de Sarajevo.
b) A ascensão militar dos EUA, o fascismo, o desemprego, a partilha da África, o neocolonialismo e o desmembramento da Tchecoslováquia.
c) O Anschluss, a Política de apaziguamento, a crise da Etiópia, a formação do Eixo, a Conferência de Versalhes.
d) O fim dos Impérios Otomano e Áustro-Húngaro, a formação da Tríplice Entente, o Plano Schlieffen, o assassinato do Arquiduque Ferdinando.
e) A crise do Marrocos, o Pan-eslavismo russo, a ascensão de Lênin, a partilha da África e da Ásia, e o surgimento da Liga das Nações.

7 - A Sociedade das Nações mencionada no texto, também conhecida como Liga das Nações, foi criada em 1919 com o objetivo de
a) promover a paz armada, após o Tratado de Versalhes, através da liderança do governo dos Estados Unidos, que presidiu essa organização.
b) unir as nações democráticas e economicamente mais poderosas, para impedir a volta do nazi-fascismo, cuja expansão causara a Primeira Guerra Mundial.
c) executar as determinações previstas pelo documento conhecido como "14 pontos de Wilson" e que favoreciam os países da Tríplice Aliança.
d) promover o neocolonialismo na África, Ásia e Oceania, condição fundamental para a expansão mundial do capitalismo monopolista.
e) intermediar conflitos internacionais a fim de preservar a paz mundial, fiscalizando o cumprimento dos tratados pós-guerra.

8 - "Se alguém perguntar por que morremos, diga-lhe, porque nossos pais mentiram" (Epitáfio de um combatente da Primeira Guerra Mundial) SEVCENKO, N. "Orfeu extático na Metrópole". São Paulo: Cia das letras, 1998. p. 333 No contexto da Primeira Guerra Mundial, é INCORRETO afirmar que o epitáfio
a) é uma crítica ao nacionalismo chauvinista e xenófobo das potências europeias, responsável por mobilizar milhões de jovens para os combates.
b) representa o fim do otimismo da Belle Époque (1890-1914), período em que os países europeus gozavam de tranquilidade social e dos benefícios materiais propiciados pela tecnologia.
c) expressa a frustração dos europeus com o não-cumprimento da promessa norte-americana de intervir diretamente no conflito militar.
d) demonstra a desilusão dos contemporâneos com a Primeira Guerra Mundial, pois contrariamente à crença de que seria uma guerra rápida, foi uma guerra de trincheiras, longa e sangrenta.

Respostas:

1 - A
2 - E
3 - B
4 - E
5 - C
6 - A
7 - E
8 - C




Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

3 comentários:

  1. Eeeee só errei uma, que foi a 8 achei que era por causa da belle époque!

    ResponderExcluir
  2. Acertei todas, acho que já tô preparada paraa prova de amanhã :)

    ResponderExcluir
  3. Errei só a número 8.

    ResponderExcluir

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!