O Bonde de São Januário - Censura na época de Vargas


Temos aqui um exemplo de uma música censurada. Na letra original de Wilson Batista tínhamos “O bonde São Januário leva mais um sócio-otário”, com a censura foi inclusa a palavra “operário”.



Quem trabalha
É quem tem razão
Eu digo
E não tenho medo
De errar
Quem trabalha... 

O Bon de São Januário
Leva mais um operário
Sou eu
Que vou trabalhar

O Bonde São Januário...

Antigamente
Eu não tinha juízo
Mas hoje
Eu penso melhor
No futuro
Graças a Deus
Sou feliz
Vivo muito bem
A boemia
Não dá camisa
A ninguém
Passe bem! 

Abaixo audiovisual com a música de Wilson Basista e imagens históricas dos bondes do Rio de Janeiro, incluindo o hoje boêmio bairro de Santa Tereza.

 


Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!