Monte Rushmore - George Washington, Thomas Jefferson, Abraham Lincoln e Theodore Roosevelt



As gigantescas esculturas, com mais de 18 metros de altura cada uma, foram feitas com o uso de muita dinamite. O curioso é que o monte Rushmore - no estado americano de Dakota do Sul - poderia ter recebido outras faces. Em 1923, o historiador Doane Robinson, da Sociedade Histórica de Dakota do Sul, teve a ideia de esculpir, no monte, a figura de várias personalidades do velho-oeste americano, como Búfalo Bill.

O escultor Gutzon Borglum - ex-aluno do grande escultor francês Auguste Rodin (1840-1971) - gostou do projeto, mas propôs que a homenagem fosse feita a ex-presidentes do país, com o intuito de atrair a atenção e o apoio dos sempre patrióticos americanos. O conselho foi aceito e a construção das imensas faces de George Washington (presidente de 1789 a 1797), Thomas Jefferson (1801 a 1809), Abraham Lincoln (1861 a 1865) e Theodore Roosevelt (1901 a 1909) - quatro dos ex-presidentes mais importantes e conhecidos até então - começou em 1927. O granito do monte Rushmore está entre as pedras mais duras do mundo. Por isso, 90% das rochas, cerca de 450 mil toneladas, foram retiradas com dinamite.


Foram 14 anos de trabalho, planejando, dinamitando e esculpindo as faces de 18 metros de altura encravadas na montanha. A magnitude da escultura surpreende os visitantes. A cabeça de Washington é tão alta quanto um edifício de seis andares. Somente seu nariz mede 6 metros, sua boca, 5,5 metros de largura. Em sua escala, a figura inteira de Washington atingiria 141,7 metros de altura.


Para ler mais sobre a Independência dos Estados Unidos é só clicar!



Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!


Imago História

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os conteúdos dispostos nas postagens são rascunhos, podendo apresentar erros de concordância ou ortografia. Na medida do possível tentar-se-á corrigir as imprecisões, incluir a bibliografia e rever textos e informações imprecisas.

P.S. - Se você curtiu as postagens e o blog foi útil não deixe de clicar em um dos anúncios!